Busca
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008
Passagem de ano 2004/2005....inesquecivel!

Talvez dos momentos mais importantes para mim, por ser a primeira passagem de ano com o meu bébé, foi esta passagem de ano de 2004 para 2005.
Estávamos na zona de Almada (onde é a casa da minha sogra e a minha morada temporária) e eis que a  minha mulher me diz se quero ir ver o fogo de artificio à meia noite, convite esse que acedi de imediato e olhei para o relógio vendo que eram perto das 21h. A minha sogra é confrontada pela sua filha com este convite  (em que eu lhes dava boleia até perto do Parque da Paz e veriamos todos juntos o fogo de artificio) e diz que não, que tem muito que fazer em casa. Feito bom samaritano, vou ajudar a minha mulher a dar a voltaà minha sogra, assim ao menos arejava as ideias em vez de andar a discutir de 5 em 5 minutos com o marido... sim é verdade, eles gostam de viver em pleno ambiente de guerra e a minha sogra faz questão de atingir a sua filha no meio desta batalha diária. Ora, perto das 23.30, já começamos a preparar o nosso filhote para ir ver o espectáculo. Entretanto a senhora minha sogra, já está no factor pior... a indecisão, em que temos que ver o que pretende fazer. 23.50... já eu começo a ficar impaciente, pois temos que arrancar para estacionar o carro no meio da selva de carros mal parados na zona do show. 23.55... ja tenho o nosso filhote pronto no carro, a minha amada está cá fora furibunda com a sua mãe e eu transbordo mostarda pelos cabelos (acho que fiquei louro nesse dia por causa da mostarda da raiva) e a minha sogra ainda não se tinha decidido a vir. 24.00h... Hora da festa, estou eu dentro do carro possuido pelo diabo, ainda no nosso estacionamento, com a minha mulher ao lado a dizer que a sogra se lembrou de ir fazer um fax. O marido dela já estava no carro também pronto. Mas um fax... à meia noite na passagem de ano.... só mesmo para lixar o esquema da alegria que se gera no ar. Bom... cortou o embalo todo à festa, estacionei às 00.10 o carro e delirei junto com a minha mulher em ver a reacção do meu filho a ver o fogo de artificio. A sogra adorou vir no carro para ver aquilo, mas coitada... não teve tempo antes para mandar o raio dum fax, lixando a meia noite que é de cumprimentos e abraços. Neste caso aconselho vivamente o pessoal para na passagem de ano não combinarem rigorosamente nada com os sogros... mas mesmo rigorosamente nada.

publicado por Aires às 14:45
link do post | manda a posta de pescada | favorito
mais sobre mim
pesquisar nesta casota
 
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
posts recentes

Andar no planeta Marte......

Loucura ou demência em ép...

Engano de verão

Leite diluido ou misturad...

Razões para troca de miúd...

Abrir precedentes

News

Monstros na sopa

Aniversário

Visita de Domingo

arquivos

Fevereiro 2015

Novembro 2011

Setembro 2009

Agosto 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds