Busca
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008
Observações coitadinhas

O miudo aprende a pedir água e leva o copo até à minha sogra e diz "Quer água!" A sogra diz "Óhhh coitadinho... quer água!" Coitado porquê? Devia era dizer "Que menino esperto... toma lá a tua água" , parece que lhe falta uma perna ou um braço.

O miudo aprende a pedir para ir passear e diz de seguida a sogra "Óhh coitadinho... já sabe dizer que quer ir à rua". Pergunto eu novamente, coitadinho porquê?? ele não é nenhum aleijado.

O miudo aprende a cantar os parabéns e oiço a sogra "Óhhh coitadinho, já sabe cantar os parabéns".... CANECO DA %#$& DA SOGRA.... será que não é capaz de fazer observações minimamente inteligentes ou positivas, é só coitadinho pa lá e para cá!!?!

Imagine-se um dia ela precisa de ajuda e vem ter comigo para ir buscar qualquer coisa ou carregar uma cena qualquer e eu virar-me para ela e dizer "Óhhhh coitadinha, veio-me pedir ajuda :D"

publicado por Aires às 14:50
link do post | manda a posta de pescada | favorito
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008
Ondas fashion

Lá em casa existe modas estranhas:

-Onda do bom humor, existe mas geralmente é quando o rei faz anos, como vivemos numa república e não numa monarquia, a onda do bom humor foi deportada para outras zonas que não a dos meus sogros.

-Onda de mau humor, talvez a mais famosa pois é a que tem um êxito fantástico lá em casa, totalmente contagiante, é capaz de transformar a beleza dum ferrari num porco espinho, começa numa ponta da casa numa pessoa e atinge quase toda a gente ficando tudo eufórico. Só falta eu começar a vender pastilhas elásticas para dar mais speed às cenas de drama.

-Onda de gripes, o culpado é o meu filho :D Constipa-se e depois anda tudo aos beijos e acabam quase todos de cama com o belo do termómetro enfiado na boca e o saco de água quente na cabaça

-Onda das infecções, esta é uma cena estranha para mim, homem, alguém tem uma infecção urinária e cada vez que tosse mija-se toda. Como tem andado constipada, a pessoa passa o tempo todo a mijar-se pelas pernas abaixo. Resultado, tem de andar temporariamente com umas fraldazitas ;)

-Onda depressiva, é uma onda marada, tem tendência a andar sempre a rondar a casa e tem pessoal com idade mais avançada que pensa sempre que só tá é bem se tiver com os pés pá cova e que o mundo é uma merda e que nada está bem lá em casa.

-Onda eufórica, esta pertence ao meu filho,o único que consegue provocar alegria às outras ondas todas... felizmente não afecta muito a onda das infecções, imagine-se a pessoa mijar-se a rir ;)

publicado por Aires às 14:50
link do post | manda a posta de pescada | favorito
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008
Noites marcianas

Ruidos que me podem assustar lá em casa a meio da noite e penso que são os marcianos a invadirem-nos:

-Alguém ir à casa de banho e puxar o belo do escarro como se estivesse  sózinho em casa... geralmente o exemplar é a sogra

-Alguém passar pelo hall de entrada e mandar peidos, com pantufas, sem pantufas, ratéres (são os meus preferidos, parecem um carro a pegar, mas que tá a vazar qualquer coisa) geralmente esta categoria de ruidos são concebidos, realizados, produzidos e com sonorização de sogra e mãe da sogra

-Alguém deixar a porta da casa de banho  entreaberta enquanto caga e ouvimos o PLUFFF.... isto depois dos ráteres a caminho da casa de banho

Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008
Noites em cheio!
Chegar a casa depois de mais um dia de trabalho e aulas até às 22.45 é cansativo. Foi um dia deste mês. Ao chegar a essa hora, estava a minha sogra numa activa comunicação com a sua mãe. Feitios parecidos, mas a velhota não pára de falar e a minha sogra não pára de gritar. Acho que são as duas surdas que nem duas portas e só se comunicam bem se estiverem a falar num nível de decibeis equivalente à passagem de um BOING 747 a baixa altitude. Ora, esperto era o meu sogro, que estava no quentinho dos lençóis, ferrado no choco. A conversa sobe de tom e a sogra tripa-se da cabeça com a mãe dela (imaginemos se não fosse mãe, o que lhe faria a minha sogra ;)) sai da sala aos berros à beira dum colapso e a velhota sempre a falar não sei do quê. A sogra desata aos berros e entra no quarto, acorda o marido e diz-lhe para mandar calar a velhota senão manda-lhe com algo na cabeça para a acalmar, algo tipo "bastonexdebaseboll", um novo composto quimico eficaz para acalmar o pessoal que fala demais. Escusado será dizer que o sogro começou aos berros para a minha sogra se acalmar, esta parecia que estava numa manif com um megafone e a velhota sempre na onda dela a mandar bocas numa lingua imperceptivel para mim. Bom, isto foi um fim de noite contagiante, pois acabou com eles todos aos berros sem jeito sem ninguém se entender. Se eu estivesse bebado, diria que o pessoal estava todo em festa. Tenho que começar a dar Xanax às tropas logo de manha, para se manterem calmos o dia todo.
publicado por Aires às 15:00
link do post | manda a posta de pescada | favorito
mais sobre mim
pesquisar nesta casota
 
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
posts recentes

Andar no planeta Marte......

Loucura ou demência em ép...

Engano de verão

Leite diluido ou misturad...

Razões para troca de miúd...

Abrir precedentes

News

Monstros na sopa

Aniversário

Visita de Domingo

arquivos

Fevereiro 2015

Novembro 2011

Setembro 2009

Agosto 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds