Busca
Segunda-feira, 21 de Abril de 2008
Dormir durante uma discussao

Das cenas que mais me deixa possesso com a falta de respeito que fica latente nestas situações é o facto dos cotas fazerem birrinhas indiscriminadas, sabendo que tem gente a dormir na mesma casa.  Aaarrrggghhhhhh.... dá-me cá uma raiva, apetece-me chegar ao pé da sogra dar-lhe um berro e amordaca-la. Ora, devido aos maus vícios criados pelos avós maternos ao nosso personagem mais novo, o nosso filho, tem que adormecer acompanhado.... e pensar que ele estava tão bem treinado, só faltava ladrar e rebolar.

22.50- MC vai com o filhote para o quarto, reina o silêncio na casa... espantoso isto do silÊncio nesta casa.

22.55- Mãe da sogra vem do quarto dela a falar sozinha, chega a cozinha onde esta a sogra e manda chispas num diálogo impercéptivel para o mais comum dos seres humanos.

22.56- Sogra percebe o monólogo e responde a letra.

22.57- Mãe da sogra caga na cena e vira costas bazando para o quarto

22.58- Sogra, em vez de não ligar ao que a sua mãe diz mantendo a calma vai atrás dela e em vez de dialogar no quarto da velhota com a porta fechada ou encostada....naaaooooo, vai para o hall de entrada berrar com a sua mãe a dizer que e má, vil, etc, etc, etc....

23.00- O monólogo pertence à sogra que pica a sua mãe com bocas para a calar, quando na realidade está só a fazer com que a octagénaria comece a disparar sobre a sogra.

23.01- Tendo em conta que se está a tentar adormecer um jovem irrequieto, os moldes são perfeitos, o monólogo transforma-se num diálogo aceso e interessante de se ouvir, nao se percebe nada porque se enervam uma a outra com bocas tão estúpidas, penso para mim qual das senhoras irá ter um colapso cardiaco com tanta estupidez a voar entre o hall de entrada e o quarto da velhota.

23.03- O diálogo acaba e a minha sogra enfia-se na cozinha.... a falar em hebraico.... a velhota continua la dentro tal e qual uma chaleira a ferver e a continuar a fazer burburinho.

23.05- Continuando a falar em hebraico, ouve o marido a entrar e mal poe um pé na cozinha, ja a minha sogra lhe esta a cortar uma artéria “OUVE LA... ENTAO VENS DA RUA COM OS SAPATOS TODOS NOJENTOS.... SANTISSIMO SACRAMENTO”

23.06- Marido ouve e responde muito rapido.... “QUE FOI.... VOU POR O LIXO LA FORA, VOU DESCALÇAR E CALÇAR OS SAPATOS PARA QUÊ!!!”

23.07- “EU VOU CONTIGO.... POIS QUERES É FUMAR.... QUERES IR PARA O VICIO”.... e no quarto do mais pequeno tenta-se adormecer o jovem

23.08- Marido prepara o lixo para ir para o contentor e a sogra continua a pica-lo

23.09- Marido pega no lixo e diz que o vai despejar.... sogra aos berros vem ter ao hall de entrada a dizer que ela põe o saco no contentor.

23.10- Marido diz que esperou o suficiente e baza com o saco do lixo.... neste momento ainda se tentar inutilmente adormecer o jovem, a sogra fica aos berros no hall de entrada

23.11- Sogra vai para a cozinha manter mais um activo monologo com as suas loiças com a porta da cozinha aberta

23.16- O seu monologo continua.... acho que os vizinhos de cima se divertem com isto e devem pensar que a mulher e louca. Eu pessoalmente penso que o melhor é ir buscar o machado ao carro e rachar-lhe a matraca... porrrrrraaa.

23.17- O meu sogro entra em casa a cheirar a tabaco... ora isso so ajuda a boa disposição da sogra que começa de novo a mandar vir com o marido e vice versa, no hall de entrada novamente

23.23- Acho que vou por uma placa no hall de entrada,” centro terapeutico para discussoes infantis”, o aceso dialogo muda de cena.... para a cozinha e de la para o quarto.

23.30- Bofff.... estes gajos nao se cansam?? Pilhas para dicutir estao sempre acesas, depois diz que andar com hipertensao.... no quarto no nino, a MC ainda tenta adormece-lo e a mim nasceram-me mais uns 20 cabelos brancos, além de estar a espumar raiva

1.30- A MC levanta-se no quarto do nino e vai ter com os pais que ainda estao acordados.... acho que sao morcegos, pois nao têm hora para xonar e pede encarecidamente para tentarem nao fazer muito barulho na próxima vez....

1.31- Sogra irritada diz que nós é que fazemos barulho ao deitar e que acordamos a casa toda.


Ter em conta que quando nos levantamos de noite ou antes de adormecermos, andamos descalços pela casa para nao se ouvir o barulho dos chanatos, evitamos acender interruptores de luzes desnecessários para não acordar ninguém com as luzes nem com o barulho dos interruptores arriscando dar com os cornos numa parede ou porta, inclusive ja fizemos uso de lanternas para nao perturbar o sossego da casa, mas fomos confundidos com ladrões ou extraterrestres... digamos que nao deu para o susto da minha sogra que acordou o sogro aos berros a pensar que era uma possivel invasão aligena, fechamos a porta da casa de banho para ninguém nos ouvir mijar e quando faço um assalto a cozinha, fecho a porta para nao passar barulhos estranhos para o hall e para os quartos.

Ideia minha para respeitar actualmente a casa antes da hora de repouso ou melhor quando os sogros se deitam, ligar uma motoserra e começar a cortar mobilia antes de deitar, para aliviar o stress.... tem people que gosta de fazer yoga, eu serei adepto das motoserras, assim vêm como nos sentimos antes de adormecermos.

Foi mais um dia comum em nossa casa..... ainda dizem (sem ofensa) que os jeóvas é que têm paciência.

publicado por Aires às 14:29
link do post | manda a posta de pescada | favorito
mais sobre mim
pesquisar nesta casota
 
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
posts recentes

Andar no planeta Marte......

Loucura ou demência em ép...

Engano de verão

Leite diluido ou misturad...

Razões para troca de miúd...

Abrir precedentes

News

Monstros na sopa

Aniversário

Visita de Domingo

arquivos

Fevereiro 2015

Novembro 2011

Setembro 2009

Agosto 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds