Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007
Curriculum

Talvez tenha sido das situações mais parvas em toda a minha vida. Nunca pensei que ainda houvessem pessoas tão ingénuas.

Ora, tenho uma empregada que esteve ausente por uns dias e sei que está para se ir embora da minha loja por iniciativa própria.

Resolvi tentar dar oportunidade a um jovem que aparece por lá com alguma regularidade, mas que parece estar na classe de maniaco depressivos. Pensei e repensei e disse-lhe para me dar o Curriculum dele, enquanto eu falava com ele, eu preparava um cigarro de enrolar... o facto do tabaco estar ao preço do ouro, fez-me mudar a maneira de fumar e passei do tabaco enlatado, para o de enrolar. No entanto, desatino com todo o tipo de drogas que possam haver e tinha dito ao jovem, para não confundir as coisas e que acima de tudo, sou uma pessoa antidrogas, dando o desconto ao tabaco. Ora então oiço está observação...." Trabalhar neste ramo? Claro que sim...estou interessado... ha....que giro a enrolar o tabaco.... eu fumava disso... eram ganzas, mas diziam-me que não fazia mal (subiu-me à cabeça um atestado de estupidez e pensei... que aquele gajo devia ter fumado algo antes de entrar para ali, e continua)... este ramo, já tenho experiência, tive a trabalhar 15 dias nesta àrea, depois o patrão despediu-me, disse que me enganava muito nos trocos e que não tinha energia nenhuma e que os clientes quando eu estava lá, faziam fila por causa da demora.... a registadora trabalhava bem e dizia-me o troco, mas depois eu atrapalhava-me todo"

Eu penso que é dificil um gajo querer contratar alguem depois de ouvir este diálogo, mesmo que o queira ajudar. 

Sem ofensa a este jovem, que fartei-me de lhe tentar levantar o ego e descubro que é homossexual (o que não me traumatiza de modo algum), mas que vê em mim, uma figura paternal, diz-me que vê em mim, o pai que actualmente não é vivo. E depois gosta imenso de me tocar e rir-se todo para mim.... isso é que já me atrofia um bocado. O gajo é da minha idade... além disso o lugar de figura paternal, já é ocupado para o meu filhote, não para um gajo que acho que se está a tentar encostar a mim. Só falta dizer-lhe que a minha pila tem um contracto de exclusividade com a minha mulher. Se ainda fosse melga, dava para um gajo afastar, mas como sou bom coração, atraio por vezes os cromos e esses se são diifceis, colam-se à brava.

publicado por Aires às 13:42
link do post | manda a posta de pescada | favorito
mais sobre mim
pesquisar nesta casota
 
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
posts recentes

Andar no planeta Marte......

Loucura ou demência em ép...

Engano de verão

Leite diluido ou misturad...

Razões para troca de miúd...

Abrir precedentes

News

Monstros na sopa

Aniversário

Visita de Domingo

arquivos

Fevereiro 2015

Novembro 2011

Setembro 2009

Agosto 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds